Silêncio Poético

May, geminiana, 16 anos. Meu tumblr fala sobre meus sentimentos e minhas citações poéticas! Espero que se identifiquem.
Home Ask Twitter

Tudo isso é um pouco triste. Pouco não, muito triste. O fim do amor, sabe. O fim de tudo. Só que uma hora a gente tem que seguir, querendo ou não. Só que ai você olha para os lados e se pergunta “Seguir pra onde?” Porque antes você tinha alguém como morada, e agora passa a enxergar nada. É nesse momento que a gente se depara com a tristeza, com a saudade, com os pensamentos negativos e a vontade de fazer coisas que você jamais pensou em fazer… Tudo para esquecer a dor, o amor, ou o que for. Antes você só bebia ocasionalmente e agora se vê bebendo assistindo a desenhos animados. Antes você nem assistia TV direito, e hoje se pega vendo novelas e chorando por causa de uma simples propaganda. Antes você saia com os amigos porque achava legal, hoje você sai com os amigos pra poder não se perder. Você evita de pegar o celular pra não fazer merda, você para de escrever pra vê se para de sentir, você acha tudo tão sem graça, tão sem cor, tão sem sal… E percebe que sua vida é nada mais e nada menos do que uma solidão. É, amar faz isso. Melhor dizendo, o fim do amor causa isso. E você até chega a pensar que o efeito final de um êxtase não é tão ruim assim quanto a sua vida. Só que a gente tem que seguir, por mais difícil e complicado que seja. É o fim do amor, e não da vida. É difícil sim, eu sei, você sabe, o mundo todo sabe. E daí? Que problemas mesquinhos que você fica ai reclamando, enquanto mais da metade da população enfrenta a fome, o frio, as guerras, e todos os outros caos. Só que nessas horas você não tá nem ai pro mundo, porque sabe que o mundo tá pouco se fodendo pra você. O fim do amor nos torna egoístas também. Problemas fúteis a enfrentar, eu sei, você sabe, o mundo sabe… Só que as únicas pessoas que sabem o quanto dói, são aquelas que já passaram por isso. O fim do amor é trágico, mas não deixe isso virar uma tragédia na sua vida.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:39pm | 2,477 notes | (reblogue this!)

A gente tinha quase tudo pra ser feliz. Eu tinha um ideal entre os dedos, um romantismo que até hoje não me deixou, um punhado de esperança que desse certo e a certeza de que queria você.

Clarissa Corrêa.   (via thiaramacedo)

(Source: recomendar, via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:35pm | 7,136 notes | (reblogue this!)

Amar é assim. Um dia a gente acorda e está fazendo um solão lá fora, e no outro dia tá caindo um temporal. Sem mais nem menos. Poderia ter dado certo? Poderia. Poderia ter dado errado? Poderia. Poderia não ter dado em nada? É, também poderia. Mas a gente se arriscou né, e deu no que deu. Tem horas que até bate na nossa cabeça o tal de “E se…”, mas tem horas que reflito, “Foi assim porque tinha que ser.” Porque amar é isso. É não pensar.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:32pm | 9,224 notes | (reblogue this!)

Além de acreditar nas pessoas, ela ainda era burra; as amavam.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:32pm | 6,832 notes | (reblogue this!)

Era bom demais pra durar de verdade.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:27pm | 8,787 notes | (reblogue this!)


Vídeo postado em 19/10/2014 às 8:27pm | 14,164 notes | (reblogue this!)

Pra ela eu contava qualquer tipo de coisa com o coração todo aberto, porque eu sentia de forma muito clara a facilidade e o acolhimento com que me ouvia. Um bom confidente, às vezes, é apenas aquele que nos deixa livres para dizermos tudo o que quisermos sobre nós, inclusive bobagens das quais talvez nos arrependamos logo depois de dizê-las. Às vezes, é apenas aquele que interage com o nosso sentimento da vez, sem estar com a razão toda arrumada para análises profundas, tiradas magníficas, sermões eloquentes, dos quais nem sempre precisamos. Um bom confidente, essa maravilha rara, é aquele que aproxima, generosamente, a vida dele da vida da gente e, apesar da mágica interação que acontece com essa proximidade, consegue manter a distância necessária para não confundir a sua história com a nossa. Há momentos em que a gente só precisa falar e se sentir, de verdade, ouvido. Só isso. Só isso tudo.

Ana Jácomo.  (via thiaramacedo)

(Source: recomendar, via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:27pm | 3,463 notes | (reblogue this!)

O tamanho da sua estupidez iguala ao tamanho do meu amor.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:26pm | 4,156 notes | (reblogue this!)

- Nossa, como ela tá linda!

- Ei cara, aquela ali é a minha namorada.

- É dela mesmo que eu tô falando. Ela tá linda demais. Mudou a cor e o corte de cabelo né, e está vestindo umas roupas mais curtas. Um mulherão. Gostei. Mas me parece que as manias são as mesmas. Reparei pelo o jeito de sorrir, olhe lá. Ela sorri e junto se destaca as suas covinhas. Sempre me amarrei no sorriso dela, mas ela tinha vergonha quando eu falava das covinhas. Ela nunca gostou. Quando ela está ansiosa, ela morde os lábios e começa a esfregar as mãos. Já notou? Ela soa demais. Aí é só você colocar pra tocar “Coldplay” que ela se tranquiliza. Não se esqueça que “Lost” é a preferida dela, viu? Ela sempre disse que acalma, e as vezes eu até pegava meu violão e tocava, ao invés de colocar o cd. Você sabe tocar violão né? Se não souber, melhor aprender. Lembro bem que ela sempre dizia que ia casar com um tipo de cara assim. E quando ela está nervosa? Fácil demais perceber. Aquela enrugadinha na testa não esconde nada de ninguém. Brigadeiro tá? Não tem nada melhor do que falar que vai fazer um brigadeiro para acompanhar de um filmezinho, que ela não se tranquiliza. E deixa ela falar. Deixa ela falar, gritar, xingar o quanto quiser. Aí quando ela der uma pausa para respirar, você a puxa para perto e diz que a ama olhando nos olhos. Ela nunca resiste, te garanto. Vez ou outra faça alguma piadinha, ou cóssegas para fazê-la rir. E sabe aqueles períodos que ela está de TPM? Então, é quando ela mais precisa de você cara. Evita de falar com algumas garotas, e fique mais tempo com ela. Desmarca o futebol, a saida com os amigos, a festa da escola… TUDO. Apenas fique com ela. Não posso esquecer que ela pira num video-game. Nem parece né? Mas “Mario Kart” sempre foi seu preferido. E deixe ela ganhar. Tudo bem que ela vai te zoar e enxer o seu saco pelo o resto do dia, mas aquela gargalhada dela de vitória é uma delícia. Dá vontade de gravar pra poder ouvir de novo, de novo e de novo. Se você a fizer chorar, recompense. Sei lá, mande bombons. Bombons de morango, de preferência. Ela se amarra. Ou então um buquê de flores. Não é qualquer flores, tem que ser tulipas. Chame para um jantar, ou um cineminha. Olha meu caro, não fique mandando SMS e ligando o tempo todo não, porque ela não gosta. Ela sempre fala que irrita. Tá que ela irritada é uma gracinha. Ela faz um biquinho de brava que dá vontade de morder, eu sei. Mas olha só, uma hora ou outra dê uma ligadinha de madrugada, faça ela acordar e diz que a ama. É coisa boba, eu sei. Só que no outro dia ela sempre fica de bom humor. Eu gosto dela de bom humor. E de mau humor também. Gosto dela de todos os jeitos. Não esquece de nenhuma data comemorativa, nunca desmarque compromissos com ela, e ela é fã de “Nicholas Sparks”. Você não o conhece né? É um escritor aí. São melosos os livros dele, tu vai ver. Até porque, ela vai te obrigar a ler ou assistir um de seus filmes. Então se lançar um livro novo, seja o primeiro a comprar. E se lançar um filme novo, a leve para assistir. Assista o filme quantas vezes ela quiser. Parece que ela nunca enjoa. Lembro que eu sempre dormia na parte preferida dela, e ela me acordava com uns tapas. O que foi? Não vai me dizer que você nunca assistiu “Um Amor Para Recordar”? Cara de que mundo você é? E não se esqueç…

- Pera aí, mas do que é que você está falando? Eu nem te conheço cara. Quem é você?

- Sou apenas o ex namorado dela.

Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:23pm | 42,274 notes | (reblogue this!)

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.

Fernando Pessoa.  (via se-eu-pudesse)

(via m-y-p-aradise)


Quote postado em 19/10/2014 às 8:18pm | 3,238 notes | (reblogue this!)
Página 1 de 4424 1 2 3 4 5 6 »